17/12/2012

No caminho da história...

Os momentos históricos não são necessariamente os mais bonitos, os mais elegantes. São aqueles que nos trazem o componente de emoção, nos deixam memórias que não se apagam com o tempo. Após anos de mediocridade, inoperância e até perda de relevância na NFL, é isso que a dinastia Jim Harbaugh está fazendo pelo Niners (alguém aí acha coincidência que a franquia terá 6 jogos no horário nobre em 2012?). A vitória maiúscula de ontem contra o New England Patriots, por 41 a 34, é somente mais um reflexo que os tristes tempos de Mike Nolan, Mike Singletary e cia ficaram para trás.

Disputada debaixo de chuva, a partida de ontem teve um nível técnico baixo, com os dois times cometendo muitos turnovers, a arbitragem confusa e, seguindo a tradição da NFL, pendendo para o Patriots, e os dois técnicos alternando chamadas incompreensíveis nos momentos decisivos. Porém, em campo estavam duas das melhores equipes da NFL- acredito que pelo menos uma esteja em New Orleans em fevereiro- o melhor QB da atualidade e uma defesa que será lembrada por anos na liga. Só poderia se tornar o melhor jogo do ano!

A monstruosa defesa do Niners colocou o time em posição de matar o jogo no primeiro quarto. O ataque não aproveitou. Mesmo assim, o New England continuou dando o jogo de bandeja e chegou a estar perdendo por 28 pontos. Até que o genial Tom Brady resolveu aparecer e empatou o jogo, ensaiando uma das maiores viradas de todos os tempos. A balança da partida e da temporada pendia contra o Niners até que o novato LaMichael James conseguiu um ótimo retorno de kickoff. A jogada foi seguida de um passe improvisado do QB Colin Kaepernick para Micahel Crabtree, que se transformou no TD que decidiu a partida e o mais importante: pelo segundo ano seguido, Harbaugh leva o Niners aos playoffs (já temos pelo menos uma vaga de wildcard assegurada). Vamos aos principais destaques do blog.

- Quatro TD´s lançados. Rating de 107,7. Coragem e equilíbrio para lançar um TD imediatamente após ser interceptado em um passe semelhante. Jogo a jogo, Colin Kaepernick vai calando os defensores de Alex Smith e comprovando que, de fato, Jim Harbaugh realmente enxergava, enquanto todos nós só olhávamos...

- Mais um FG perdido de David Akers (de 39 jardas, cujos três pontos fizeram muita falta durante a furiosa reviravolta do Patriots). A expressão de nervoso e depois alívio de Harbaugh durante a conversão do FG final (de 28 jardas) mostra que ele já não tem mais a menor confiança no kicker. Que no longo voo de volta e durante a semana, a comissão técnica reflita sobre a importância de termos um kicker confiável para os playoffs. Minha opinião: com o que se tem disponível no mercado, acho que já é hora de Akers encerrar sua vitoriosa carreira antes de manchá-la ainda mais...

- Na maior parte do jogo, nosso pass rush, a linha defensiva e a secundária mostraram ao mundo como conter os geniais e futuros hall of famers Tom Brady e Bill Belichik. Porém,  durante o ataque no huddle, a defesa parecia totalmente desorientada e até cansada, permitindo a perda da liderança de 28 pontos. Nenhum time na NFL tem um QB como Brady e executa esse ataque com tanta maestria. Mesmo assim, é importante que Vic Fangio prepare melhor os jogadores para essa dinâmica, afinal, times como Green Bay e Atlanta Falcons podem tentar nos surpreender dessa forma nos playoffs.

- Muito da quase-virada do Patriots também pode ser atribuído à repentina mudança nas nossas chamadas de ataque. No início do jogo, com a linha de scrimmage do Patriots empilhada para conter Frank Gore e a read option play, Greg Roman abusou do braço de Colin Kaepernick e ele correspondeu! Com a vantagem de 28 pontos, as chamadas tornaram-se previsíveis e conservadoras, o que nos fez parar de converter first downs e expôs a defesa ao cansaço e ao poderoso ataque adversário

- Apesar do susto e do sofrimento, times campeões são forjados com esse tipo de vitória. A equipe mostrou acima de tudo resiliência e maturidade. Resistiu durante uma grande adversidade e derrotou um adversário que não perdia em casa em dezembro há 20 jogos! O Niners mostrou ao próprio Niners que é capaz de fazer coisas inimagináveis. Com janeiro chegando, essa confiança no time e no companheiro ao lado é o que de melhor temos de tirar desse domingo chuvoso e frio em Foxboro!

20 comentários:

juce disse...

Cantei a pedra Nilton........contra ataques poderosos nosso time "encaixa".
Exepcional a vitória, poderia elogiar quase todos os jogadores,exceto Akers e Ginn jr.
A importancia dessa vitória foi gigantesca, visto q com uma vitoria sobre o combalido Arizona ja nos dará o titulo da divisão, independente do resultado diante do Seattle.

O q me preocupa agora é q, será q essa nossa sequencia de 2 jogos bons e 1 ruim continuará?????

Jonathan Barros disse...

A cada snap, a cada corrida do Gore Bomb, tackle do monstruoso Patrick Willis, Sack do talentoso Aldon Smith, cada arremesso do confiante Kaepernick, a cada jogo como esse, me faz ter mais certeza de que esse é o meu time.

Um JOGAÇO!

Quero ir logo logo assistir um jogo lá.

Jonathan Barros disse...

A cada snap, a cada corrida do Gore Bomb, tackle do monstruoso Patrick Willis, Sack do talentoso Aldon Smith, cada arremesso do confiante Kaepernick, a cada jogo como esse, me faz ter mais certeza de que esse é o meu time.

Um JOGAÇO!

Quero ir logo logo assistir um jogo lá.

ÁLOS disse...

Meu primeiro comentário aqui. Parabéns pelo blog! Frank Gore joga muito!!

José Lages disse...

Álos,

E ontem passou meio desapercebido, mas Frank Gore se tornou o maior corredor dos nienrs em todos os tempos. Ele passou Joe Perry, mesmo considerando as temporadas de 1958 e 1949, antes da NFL (que não entram nas estatísticas).

GO NINERS!!

Emmanuel disse...

Agora não há mais quem duvide da Forca do Niners,mostramos ontem que iremos brigar com todas as nossas forcas pra chegar ao SB.
E no jogo,gostei muito da consistência do Kaep,o segundo anista tem muito potencial,e com uma defesa dessas pra lhe dar seguranca,tenho certeza que só tem a crescer.E o que dizer do Frank Gore,monstro,um dos melhores RB da nfl.
E proximo domingo mais um jogão,duas defesas sensacionais,dois qbs bem parecidos,e bons ataques dos dois lados,o jogo em Seattle tbm promete!GO NINERS

Paulo Sorocaba disse...

Eh, Juce, se o retrospecto prevalecer, perderemos o jogo contra Seatle, lembrando que eles fizeram neste 2 últimos jogos mais de 50 pontos.

Mas acho que temos grandes chances de vencer as duas últimas partidas.

Não vi a partida contra New England, deixei gravado e vou ver hj a noite.

Mas sem dúvida foi um grande resultado, principalmente porque jogamos fora de casa.

Nic disse...

Grande partida, como tinha falado os Niners sempre crescem nas adversidades.

Agora estou preocupado com os erros do kicker, isto pode ser decisivo nos playoffs.

Outra coisa todo retorno, eu fico com o coraçao na mão, ontem Ginn jr quase entrega o jogo, assim nao da.

Flávio Vieira disse...

como eu queria poder ter o time de vcs. mas eu me senti estupefante com a vitória de vcs ontem.

grande partida, grande atuação, poderiam ter surrado de forma gigantesca o arrogante time do Pats, mas devo admitir que foi sensacional ver a cara de bunda do BB quando o Crabtree fez o TD em apenas um lance.

parabéns pro Niners. Que se reconstruiu. que um dia eu possa sentir a emoção que ontem eu senti, mas sendo o meu Miami.

até lá, é bom ver times como o Niners vencendo o Pats...

Nilton Sergio disse...

Quando alguns frequentadores do blog mencionaram isso, eu achei exagero, um pouco de chororô. Mesmo assim, para não ser injusto, olhei com atenção a arbitragem ontem e fiquei IMPRESSIONADO. Eles têm razão!
Não que seja roubo ou premeditado. O problema é que o Patriots é uma dinastia e não há na liga quem não respeite o Bill Belichik e o Tom Brady. Resultado: quase todas as chamadas duvidosas vão para os Patriots...
O "fumble" de Delanie Walker foi um absurdo. Em qualquer país, aquilo é um PASSE INCOMPLETO. Mesmo com todas as evidências indicando que no punt a bola não relou em Ted Ginn, eles demoraram 10 min. tentando achar um jeito de ver o contrário. No lance do pedido de timeout do Niners, Tom Brady nervosinho enterra a bola com tudo (viu a defesa desarrumada e sabia que sem o TO seria um TD certo) e ninguém nem pensa em jogar uma bandeira amarela por unsportsmanlike conduct- imagina se o Michael Vick ou o Plaxico Buress fazem isso!
Realmente, são fatores que só tornam a vitória de ontem mais maiuscúla!

Anônimo disse...

Tom brady mau perdedor :

http://www.spinitreacts.com/2012/12/tom-brady-to-49ers-on-patriots-41-34.html

Junior disse...

Bom, primeiramente quero demonstrar que estou muito feliz com o 49ers. Como torcedor é uma glória poder ver tantos jogos e ver nossa querida franquia novamente protagonista, voltar a ser uma equipe grande e importante na NFL fazendo jogos históricos.

O 49ers teve dois comportamentos distintos nesse jogo, mas demonstram também um reflexo na temporada. A equipe quando empolgada e pega equipes fortes ela cresce, especialmente na defesa. Essa defesa é quase perfeita, com exceção de pouca pressão na linha ficando apenas três homens na frente e deixando a secundaria bem marcada. Eu gostaria de mais pass rush, de pressão no qb e muitos sacks!! Noto que com contra OL mais forte, produzimos poucos sacks. Não da pra deixar um Brady, Ryan, Manning sozinho no pocket. A consequência é ceder muitas yards e pontos. No resto, o trabalho foi muito bem feito inclusive nas ameaças de blitzes que confundiram muito o brady boy, todavia quando a defesa cansa como no segundo tempo, cedemos muito pontos. Isso é preocupante e uma consequência de temos pouca posse de bola no ataque, a defesa fica muito tempo no field.

O ataque o destaque para CK com 4TD, dando muitas opções ao ataque. Frank Gore é um monstro e o Crabtree é excepcional. Ta faltando o A.J. nesse ataque!! Fiquei preocupado com esses snaps atrapalgados, isso já aconteceu antes. O center deixar muito a desejar. O que falar do special teams? Ackes continua mal. Isso pode nos custar um SB. Preocupante. Já o Lamichael James, só demonstrou que os fãs tinham razão ao quere-lo na equipe. Tem muito futuro e joga como gente grande.

A inconstância do 49ers como um todo preocupa. Temos perfomace de campeão de superbowl alternada com desempenho de equipe medíocre. Outra coisa inadimissivel é o playcalling continuar sendo incompreensível, aquelas 3 corridas faltando mais de 2 min é um absurdo.

Agora é encarar o Seahawks que ta voando. Espero que a maldição quebre e vencemos. Será um jogo duro decidido nos turnovers.

Neto Borges disse...

Ano passado, me tornei torcedor do Niners depois daquela brilhante vitória nos playoffs contra o Saints.

Ontem, vi essa minha nova paixão sendo reafirmada naquele TD incrível do Crabtree no momento em que tudo parecia perdido.

Tom Brady vinha atravessando o campo com uma facilidade inacreditável. E a distância vinha caindo e caindo... 28 pontos. 21. 14. 7. Empate.

E aí na hora mais sombria eis que surge LA MICHAEL JAMES TAL QUAL UM RAIO COLOCANDO O TIME EM UMA POSIÇÃO QUE JAMAIS ALCANÇARIA TENDO QUE ATRAVESSAR O CAMPO TODO.

Aí foi só o passe do Kap sair certo pra correr para o abraço.

Esse ano é nosso!

Igor Mello disse...

Esse ano é nosso!!!!

Anônimo disse...

Realmente foi um jogasso pra deixar qualquer coração inquieto e colocar ele pela boca. Agora incompreensivel a atitude do Vic fangio no terceiro e quarto periodos em deixar de pressionar o brady no pocket, isso quase nos custou a partida e o homem tava com sangue no olho para destroçar nossa secundaria, corremos riscos desnecessarios e quase tomamos a virada, outra coisa imcompreensivel, deixamos de confiar no braço do kap que tava dando certo. pra simplesmente correr, tivemos drives obvios e curtos, expondo nossa defesa ao cansaço..ai o brady veio com tudo pra cima. tinhamos que manter campanhas mais longas mais firsts downs pra manter o brady mais fora de campo, foi uma grnde vitoria ms nao se pode vacilar contra eles.

alessandro

Enrico disse...

Pessoal, ontem o 49ers ganhou um torcedor para a vida toda! Que jogo! E aquele fake punt?? Comecei a rachar que até acordei o pessoal aqui em casa.
Eu comecei a assitir à NFL nesta temporada, e desde o começo gostei do time e vinha acompanhando a franquia. Mas depois de ontem, virei torcedor apaixonado!

Esse ano é nosso!!

Roberto Gherardini disse...

Nilton, brilhante análise, mas ouso discordar de parte do seu comentário: acho que foi fumble do Walker. Também gostaria de fazer referência a dois jogadores, não só pelo jogo de domingo/segunda, mas por toda temporada: Andy Lee, o punter, e Dashon Goldson, o safety. Não lembro de uma falha sequer dos dois. O primeiro coloca a bola onde quer (geralmente da 1ª jarda do time adversário). Poderia ser o nosso kicker também (hehehe); o segundo, é excepcional (e pensar que em 2011 ele quase foi parar nos Patridiots). Intercepcta, defende passes,"tackeia" e até "sackeia" os adversários com maestria, além de ser do time de especialista. Sou muito fã dele. É isso aí galera, esse ano é nosso !!!

juce disse...

Bom, como a discussao Smith/Kaep teve uma sonora diminuiçao, aki estou para por um pouquinho de lenha na fogueira, rsrsrsrsr

Respeito e muito Alex Smith pela sua hombridade e por tudo q ele passou nesses 8 anos com os 49ers.Sempre foi um profissional em todos os sentidos e o video q o Nilton nos apresentou, creio q seja uma prova do respeito q muitos analistas tem por ele, assim como a maioria da torcida dos 49ers.

Mas o ponto q eu qro chegar é q nesses 8 anos, Smith NUNCA lançou para 4 TDs....... e Kaep conseguiu
isso na sua quarta partida como titular.
Outro ponto pra qm se embasa muito em estatisticas, é q Kaep ja é o #4 na liga em aproveitamento, ou (accuracy)como os americanos chamam, além de ser #1 neste quesito qdo está SOB PRESSAO.

Pra finalizar, qro apenas dizer q torço p/ os 49ers, independente de qm seja o QB, mas q prefiro muito + o Kaep, isso eu prefiro, e Harbaugh tbm compactua da mesma opiniao

Gnd abç a todos do blog

Ricardo Cavalieri disse...

Confio totalmente neste time dos 49ers. Nosso maior craque é o Mr Jim Harbaugh. Ele elevou o nível do time. Ele exige o máximo de todos. Graças à ele podemos sonhar mais alto.

O único ponto que me preocupa nos Niners é a queda vertiginosa de produção do David Akers. No restante eu confio e assim, estaremos no próximo SuperBowl.

Ricardo Cavalieri

Anônimo disse...

Galera, pra quem ainda não sabe, ta rolando um grupo no facebook muito legal do nosso querido 49ers.. É só digitar lá San Francisco 49ers Brasil Oficial. O 49ers reconheceu o grupo como o primeiro booster club brasileiro.. o que é muito legal.

Se quiserem compartilhar essa loucura com nós lá, sejam bem vindos!