24/12/2012

Olhando para frente

Sei que após esse vexame histórico é difícil deixar a razão falar mais alto que o coração. Mas os playoffs estão ali na esquina, então o mínimo que podemos fazer é olhar para frente. Esqueçam por um momento a vergonhosa atuação da defesa (chegaremos lá em um minuto). Por ora, deixem de lado um ataque e um QB completamente despreparados para um estádio barulhento e hostil. Tentem ignorar que fomos humilhados pelo principal rival (essa é difícil, eu admito). Nesse momento, apenas respondam para si mesmos: merece ganhar um Super Bowl um time que não mostra consistência alguma?

Em um exercício de semântica, poderíamos até apontar que o Niners hoje é um time consistente. Desde o começo da temporada, estamos oficialmente alternando dois jogos bons com um um horroroso. Após 16 rodadas fica difícil achar que é obra do acaso. Meu palpite? Falta de vergonha na cara. Salto alto. Muita bajulação em cima dos jogadores. Para mim, só assim explica-se um time obviamente talentoso vencer o New England heroicamente numa semana (Patriots, um dos times da década!) e exatamente sete dias depois parecer uma equipe juvenil contra o bom (no máximo!) Seattle. Há quem possa argumentar que tudo deu errado ontem. Mas alguém aí nega que esse jogo foi muito semelhante às derrotas contra o Minnesota, NY Giants e os dois jogos contra o St. Louis? O San Francisco é a nossa paixão e torceremos por ele sempre. Porém, todos sabem que nos playoffs os jogos são eliminatórios. Se Jim Harbaugh não fizer a mágica necessária para esse time aprender a se apresentar decentemente mais do que em um par de jogos, já sabemos que o sonho do Super Bowl acabará no Divisional Round...

- Nossa defesa tem muito crédito. Mas contra o Seattle fez um dos maiores papelões do ano. Humilhação é eufemismo para o que Russel Wilson, Marshall Lynch e zé ninguéns como Robert Turbin e Doug Baldwin fizeram com a defesa do Niners. Além, é claro, de corrigir os erros que nos levaram a ceder 348 jardas e 42 pontos, Vic Fangio PRECISA esclarecer aos jogadores que de nada adianta ceder passes de 15, 20, 30 ou 40 jardas e então chegar com fortes pauladas ou agredindo os recebedores. Estamos falando de futebol americano e não MMA...

- Antes da temporada começar, eu sinceramente achava que esse seria o último ano de Greg Roman conosco, porque ele seria um nome óbvio para técnico principal de alguma franquia. Após ontem e a dinâmica do "2 jogos bons e 1 ruim", se eu fosse dono de uma franquia pensaria duas vezes antes de contratá-lo. Além da inconsistência, o ataque passou a temporada inteira ABSOLUTAMENTE despreparado para estádios hostis e barulhentos. O primeiro tempo do jogo de ontem, com dois timeouts queimados e duas penalidades por delay of game, foi digno de Mark Sanchez. E não adianta culpar a inexperiência de Colin Kaepernick ou pedir Alex Smith de volta. Preparar o ataque e o QB para esse tipo de situação é obrigação do coordenador ofensivo durante a semana....

- Como vocês perceberam, hoje estou azedo com os técnicos. Então, o próximo alvo é Jim Harbaugh (rs). Vernon Davis sofreu uma concussão e Mario Maningham obviamente só volta em setembro. Duas baixas e tanto para o nosso jogo aéreo. Agora é a hora de fazer o esquisito draft de 2012 ser útil. Mas, pensando bem: é aconselhável colocar para jogar nossa primeira escolha no draft no fogo, na cara dos playoffs, com poucos snaps de experiência? É Jim Harbaugh, essa decisão estranha de deixar AJ Jenkins tomando Gatorade por 15 jogos ainda vai nos assombrar por muito tempo...

- Agora é lambermos as feridas. No próximo domingo espancar o Arizona Cardinals em casa e torcer para o Minnesota vencer o Green Bay, a fim de que o Niners ganhe uma semana de folga para recuperar os contundidos. Que essa vexame em Seattle nos ensine sobre a importância da consistência. E, acima de tudo, que seja o último...

15 comentários:

Anônimo disse...

Cara, exatamente isso. Eu não consigo pensar em outro nome para depositar minha frustração do que Greg Roman. A inconsistência do ataque passas totalmente pela inconsistência das leituras ofensivas e da preparação week-by-week do nosso OC.

Não tem nada perdido, mas estamos expostos. Arizona "kind of make it" ano passado.. Muitos jogadores desse time não merecem esse divisional blowout de hoje.. Temos que reagir positivamente.

kado

Paulo Sorocaba disse...

Nilton, acho que esse ano todos os times estão sofrendo com essa falta de consistência.

Não gosto de fazer comparação, mas o caso merece uma.

Vide Steelers que nem vão pros playoffs, os Giants perderam feio ontem tbm e perderam a chance de conquistar a divisão, Saints nem se fale.

O que me preocupa agora são essas contusões ocorrendo todas no final da temporada.

São jogadores importantes e não temos substitutos, e como você bem disse, temos rookies que nem testados foram até o momento.

E uma outra coisa, nosso time sofre com essa fila de falta de títulos, o que pressiona jogadores e comissão técnica.

Por isso acho que independentemente o que ocorra nos playoffs, e importante estarmos na pós temporada, pelo segundo ano consecutivo, esses jogos da pós temporada deixa o time mais cascudo, experiente e acostumados com esses jogos.

Não sei deste time, quantos jogadores já foram campeões do SB. Que eu me lembre apenas dois, Mario Maningham e Brandon Jacobs. Tem mais algum, Nilton?



juce disse...

Eu por ser excessivamente passional, prefiro ñ comentar muita coisa.
Só qro resumir em uma palavra oq eu vi ontem

CONSTRANGEDOR

Nilton Sergio disse...

Realmente, Paulo, Super Bowl só os dois e, pelo jeito, nenhum deles jogará pelo San Francisco nessa temporada (Jacobs nunca mais...)

Concordo que a inconsistência tem sido a regra na NFL. O problema é que quando perdemos estamos levando surras de cinta na bunda. O time se descaracteriza....Acho que com essa dinâmica, até os jogadores podekm sofrer um problema de confiança, pq nem eles nunca sabem qual Niners aparecerá pra jogar: o macho ou empregadinha sado-masoquista com roupas de couro pedindo para apanhar...rs....

Anônimo disse...

Jogar no barulhento estadio do seahawks é extremamente dificil por tudo que ja foi dito aqui uma atuação digna de ser esquecida no pior jogo da temporada para a gente.

Mas seattle mereceu ganhar o Russell Wilson teve uma atuação magnifica nossa defesa nao teve resposta pra ele, joga muito bem fora do pocket, nao se assusta quando joga sob pressao.Tem tudo para levar o premio de novato ofensivo do ano. E essa defesa esta cascuda, LB´s jovens consistentes no special teams nao tem discussao.

Dou o desconto pra nossa defesa pelo esforço durante o jogo contra o Patriots em que ficou a maior parte do tempo no campo. Agora nosso ataque nao esta bem com o kaepernick no comando e temo muito pelos playoffs pq la o bicho vai pegar. Ainda afirmo que a saida do Alex Smith desse ataque foi um erro do harbaugh, mesmo o snith nao tendo os recursos do Colin eu acho que a ofensiva fica mais balanceada e cadenciada com ele. Emfim espero que essa decisao nao custe nossa precoçe eliminação.

Alessandro

Rafael disse...

Paulo e Nilton, temos pelo menos mais um campeão de SB no time: Jonathan Goodwin.
Sobre o jogo, que seria o único Sunday Night do horário de verão que eu poderia ver até o fim, larguei de mão quando bloquearam nosso chute pra FG, nem esperei pra ver se ia dar TD.
Uma coisa que impressionou foi a intensidade de Seattle, até exagerada.
E me irritou a ESPN achar normal dar tackle em jogador que está no ar (Vernon Davis). Não sei as regras exatamente, mas acredito que isso é sim falta, e bom, eles deveriam saber, afinal a profissão deles é transmitir esses jogos ...
Pra terminar, espero que peguemos esse time denovo nos playoffs, no Candlestick!

Anônimo disse...

a pancada do cillkiver tambem foi exagerada e covarde

Nic disse...

Sinceramente ja esperava esta derrota,

Agora é levantar a cabeça e torcer por derrota dos packers contra os vikings, pois a vantagem de decidir em casa numa eventual semifinal Niners-Packers é muito importante.

agora torçer pela breve recuperaçao de Vernom Davis e Justin Smith, pois sao pilares deste time.

Escrevam o que vou dizer ontem foi nossa ultama derrota nesta temporada, quem viver verá.

Neto Borges disse...

Não concordo com você em um único aspecto: o time do Seahawks pode até ser bonzinho, mas está em uma fase espetacular e o que o Russel Wilson anda fazendo é brincadeira...

Então não acho que tenhamos perdido o jogo de ontem. Acho que os Seahawks venceram. O ataque estava despreparado para o ambiente hostil? De fato, mas já vi jogos lá em Seattle em que os ataques tiveram mais dificuldade, gastamos vários timeouts mesmo, mas as faltas para delay of game ou false start foram pouquíssimas (ou, pelo menos, menos do que eu esperava).

Acho que tivemos um começo ruim e o bloqueio de FG retornado para TD foi um fator crucial para a derrota. Faltou experiência para o Kap (é um QB excelente, mas não creio que já seja capaz de ganhar jogos difíceis) que visivelmente ficou abatido e não conseguiu reagir e a equipe foi com ele para o buraco.

Mas acho que não é um erro que a equipe cometerá mais vezes. Torço para que peguemos esses malditos nos playoffs por que aí com certeza estaremos mais preparados e sem dúvida algum passaremos por cima deles sem dó ou piedade

Neto Borges disse...

E sem falar na atitude COVARDE do jogador do Seahawks na jogada que tirou Vernon Davis do jogo. Que grande babaca...

Flávio Vieira disse...

Parabéns pelo Blog e Feliz Natal a todos os Niners fãs.

que blza de times vcs possuem. e não é inveja, é reconhecimento mesmo.

Nic disse...

Feliz Natal para toda familia Niners do Brasil, e que papai noel traga o presente de voltamos ao superbowl nesta temporada.


Agora um ponto que gostaria de levantar para discussao, acredito que na proxima temporada devemos trocar Alex Smith por um wide receiver top, o que voces acham de Larry Fitzgerald?

Neto Borges disse...

Seria uma troca interessante. Os Cardinals precisam urgentemente de um QB e o Fitzgerald já não aguenta mais jogar lá

Roberto Gherardini disse...

Amigos fãs dos Niners. Como o meu irmão disse, deu tudo certo para o galã de quermesse Russel Wilson e que falta fez o Justin Smith. Também não estou contente com os nossos coordenadores, ofensivo e defensivo, mas se o Harbaugh os trouxe, alguma coisa de bom eles devem ter. Não acho que o nosso problema seja a falta de experiência do Kaepernick, nem os recebedores. Temos o Randy Moss, que está jogando como um garoto, e o Crabtree, que é um dos melhores da liga hoje. De toda a forma, o AJ vai ter que jogar e espero que jogue como o Lamichael James, ou seja, como se vestisse a camisa do Niners há uma década. Vamos torcer e rezar pro Vernon Davis voltar. É isso aí, estamos em mais um play-off e vamos jogar um jogo por vez, sem pensar no que já passou e nem em escolher adversários. Se tivermos que jogar o wildcard, o que eu duvido, paciência. Se tivermos que jogar em Green Bay, o que eu também duvido, paciência. O importante será vencer, jogando bem ou mal.

Anônimo disse...

Tá certo que o jogo ta ganho, mas tomar um TD desses é brincadeira.