28/10/2007

New Orleans Saints 31 x 10 San Francisco 49ers

Bom, a temporada acabou? Depende do sentido do termo "acabou". Matematicamente falando, não acabou não. Continuamos com chances na nossa horrível divisão e faltam ainda muitos jogos.

Mas FA não é matemática. A melhora que esse time vai ter de apresentar se quiser vencer a NFC Oeste terá de ser inacreditável.

Porém, eu disse que esse jogo era o "point of no return", o nosso álamo. Não acho mais isso. É o próximo jogo, contra Atlanta fora de casa, que vai definir o que é esse time.

Por quê? É simples: o jogo de hoje foi talvez o ponto mais baixo da era Nolan. O time não jogou mal. Ele se entregou. Ninguém parecia se importar. O esforço de Alex Smith em jogar com dores que provavelmente nós, que levamos vidas "normais" nem possamos imaginar, não contagiou ninguém. Donde se conclui que: se esse time não melhorar no próximo jogo, é porque esses jogadores não tem c***ões. Hoje foi o jogo que, ou faz o time levantar, ou o afunda de vez. Foi um jogo onde o Nolan tinha de ter entrado no vestiário chutando tudo. Não sei se ele fez isso, mas tinha que fazer.

Vamos relembrar uma historinha: em 1988, o 49ers estava 6-5. A NFC West naquela época era fortíssima. O que o time fez? Bom, o grande Ronnie Lott convocou uma "players-only meeting" e disse basicamente que não era hora de se procurar culpados e sim de se unir e jogar futebol. O time venceu 4 dos últimos 5 jogos e acabou vencendo o Super Bowl. É esse o espírito que esse time tem que ter.

A situação hoje é mais complicada. Alex Smith não é Joe Montana, Darrell Jackson não é Jerry Rice e Mark Roman não é Ronnie Lott. Só que eles vão ter de jogar feito eles. Se não conseguem igualá-los em técnica, terão de igualá-los em espírito. Terão de igualá-los "hit by hit". Notem que igualá-los não é vencer o SB. Só os fãs mais otimistas esperavam isso esse ano. Igualá-los significa jogar como 9ers.

Nós não somos o Texans. Nem o Panthers. Nem o Falcons. E nem o Saints.

Nós somos o San Francisco 49ers.

Nós costumamos ser um pouquinho mais exigentes e, quando não há sequer esforço, é porque está na hora de fazer alguma coisa.

12 comentários:

Allan disse...

Não dá mais nem vontade de analisar o time.
Realmente eles se entregaram.
Eu como torcedor, vou acabar me "entregando" também. Estou sem vontade de assistir os jogos.
Tá muito dolorido.

Realmente o ponto baixo do Nolan no SF.
Inacreditavelmente começo a pensar que ele ser demitido ao final da temporada não é uma possibilidade remota.

Rodrigo disse...

Realmente tá faltando dar uma prensa nesses fdps! Se fosse no Mengão, no treino de amanhã já ia ter torcida querendo matar os jogadores... Acho tá faltando um pouco dessa pressão p/ 9ers.

Concordo com tudo q o Mury falou e observei um momento flagrante disso no jogo(que até foi comentado pelo pessoal da Fox), não sei se vcs repararam:

O Brees acertou um dos milhares de passes p/ David Patten pelo lado esquerdo ataque, em cima do Walt Harris(partida ridícula dele). Patten recebeu com muito espaço e partiu p/ cima do Harris, q ao invés de tentar partir p/ tackle e amassar o Patten, simplesmente o cercou até q o WR do Saints saísse pela linha lateral e o pior: saiu de cabeça baixa após o fim do lance. O comentarista Fox disse algo mais ou menos assim: "Ele está fazendo uma péssima partida e ainda por cima sem atitude nenhuma. Se eu fosse o seu treinador e observasse essa postura cabisbaixa, certamente o sacaria do jogo".

E logo na sequência, Walt Harris toma um baile do Marques Colston na end zone e o Saints marca seu 3o TD no jogo...

É, a coisa tá feia!

Alessandro Zampedri disse...

Gabriel, faço minhas suas palavras a apatia dessa equipe do 49ers que vem se desmanchando nessa temporada como um castelo de cartas, mas acho que o problema dessa equipe esta na perda de confiança do ataque no OC Jim Hostler essa ofensiva nao esta inspirada o 49ers teve 3 OC diferentes em 3 anos distintos mas esse cara sem duvida e o pior...a equipe estava com uma ofensiva redondinha nas maos do Norv Turner se destroçar nas maos desse rapaz que nao tem experiencia na função

Bruno disse...

Texto perfeito pra situação atual. O time está perdido e desmotivado.

Foi deprimente ver a cara do Alex Smith depois de passar pro TD. Foi deprimente não ver o Vernon Davis não comemorar seu primeiro TD da temporada, como eu achava que seria uma festa enorme antes de começar a temporada. Pareciam os dois únicos a se importarem com as coisas na hora.

PS. Joe Nedney até mostrou o dedo pra torcida, depois de chutar o kickoff pra fora.

Gabriel Mury disse...

Eu vi esse lance do Nedney. Ele pediu desculpas, mas vai levar uma multa, com certeza.

Dudu disse...

gabriel, voce nao vai mais fazer aqueles resumoes do jogo nao???

Gabriel Mury disse...

Dudu, eu até ia, mas essa sequencia de atuações pífias acabou me desanimando.

Mas pode deixar que vou ver se eu faço uma ou hoje ou amanhã.

José Lages disse...

Nós não somos o Texans. Nem o Panthers. Nem o Falcons. E nem o Saints.

Nós somos o San Francisco 49ers.


...cara, quase chorei... de verdade...

(tá, meio boiola, eu sei....)

ayrespessoa disse...

Nossa vendo Favre "Coração de leão" jogando ontem no Monday Night dá até desanimo de acompanhar o niners, o time começou jogando mau e vencendo e a agora nem vence mais, pior que nem vai servir para o draft do ano que vem já que a nossa escolha ficou com o patriots.

Alguem ainda acredita nessa temporada?

Ricardo disse...

Oq o 9ers ganhou com a troca do draft com o patriots?

Gabriel Mury disse...

Ganhou uma escolha de primeiro round que usou para escolher o Joe Staley.

José Lages disse...

Acabei de pensar no seguinte.

Este foi o ponto sem volta realmente. Na verdade, foi ótimo ter acontecido esse desastre por dois motivos:
1) Se o time mantiver essa atitude, mudanças drásticas irão ocorrer, e o jeito é trocer pra mudar pra melhor.
2) O time se redime, toma uma atitude e parte para cima com tudo, como a história que o Gabriel contou do Ronnie Lott.

Minha opinião sempre foi a de que Nolan é um gênio pra montar uma equipe fazendo achando vários jogadore excelentes, porém nãoé um técnico de jogo, para o jogo, ele nunca toma boas decisões durante os jogos. Ele é um excelente Manager, mas péssimo técnico no dia do jogo.